Android: o que é acesso root? É ilegal?

Dúvida do leitor André Luis Neves, que chegou por email, mas tem sido bem recorrente aqui no blog:

Um aparelho celular que tenha Android instalado, e o usuário root habilitado, perde a garantia de fábrica?

No Market temos aplicativos que precisam de root, e muitos pagos, mas há boatos que, não sei até onde, dizem que se eu tiver root eu perco a garantia. Liguei para várias fabricantes e autorizadas, e a informação diverge. Uma fala que não perde a garantia; outro fala que perde; outro alega que não desde que eu não faça “caca”… mas se for problema de hardware, a garantia cobre.

Uma outra coisa: a Claro está vendendo Galaxy S “capado” — não vem com os aplicativos que no site da Sansung fala que vem: Gmail e Gtalk. E pior, é bloqueado para instalar neles tais aplicativos, nem mesmo com root os usuários estão conseguindo. Isto por que ela tá vendendo aparelhos já desbloqueados na questão de uso da operadora, mas fizera com o sistema todo bagunçado.

Se comprei, quero usar como bem querer. O Procom pode garantir meu direito à garantia desde que eu não seja causador do dano no aparelho? Temos a garantia pelo menos do hardware?

André,

Antes de mais nada, vamos explicar o que é o tal do root (ou “superusuário”) para quem não é ninja em tecnologia… :)

Trata-se de uma espécie de desbloqueio do sistema, que permite acesso pleno à todas as configurações, pastas, ou seja, a raiz do sistema. Para tal, entra-se com linhas de comando, modifica-se o sistema operacional nativo (“firmware”). Cada aparelho, de cada fabricante, tem um jeito diferente de liberar esse acesso root. Em todos os casos, é um procedimento arriscado, que muitas vezes falha e inabilita o dispositivo para várias funções. No lado prático, o modo superusuário serve, por exemplo, para liberar funções como tethering, router 3G, acelerar o processador aumentando o desempenho, entre outros. É também um meio para instalar uma versão mais recente do sistema Android, adaptada, em aparelhos que oficialmente não receberam atualização da fabricante.

Dá para fazer uma analogia com o “jailbreak” do iPhone, que coloca multitarefa onde o sistema oficial não deixa, router 3G, instalar apps não oficiais, entre várias outras coisas.

Esse procedimento é ilegal? Colocar seu aparelho em root o faz perder a garantia?

A perda da garantia caso se “rooteie” um dispositivo é uma atitude aceitável por parte da fabricante, pois você está sujeito a várias regras nos termos de uso, aos quais você automaticamente concorda quando se torna usuário do aparelho. Você ganha acesso a qualquer funcionalidade do celular, e pode até danificar antena e outros componentes. Nessa situação o dispositivo pode inclusive ser usado além das frequências estipuladas pela Anatel, o que o tornaria duplamente ilegal.

Sobre Gmail e GTalk: segundo Marcelo Alves, meu personal geek, eles fazem parte de um pacote opcional, chamado “Google Experience”. Nenhum implementador de Android é obrigado a colocá-lo, já que é código PROPRIETÁRIO do Google — não faz parte do Android OS. É um procedimento similar àqueles crapwares, programinhas que na maioria das vezes não servem pra nada, mas que vem pré-instalados em notebooks. Não são do Windows, mas cada fabricante coloca o seu.

Essa questão do “comprei e faço nele o que quiser” é bem polêmica. Legalmente, o aparelho é seu sim, mas para o sistema operacional, ao que você tem direito é uma licença de uso. Você não pode manipulá-lo ou modificá-lo. Isso pode mudar mediante decisões judiciais, como a que tirou a ilegalidade do jailbreak em iPhones nos EUA, em certas condições. No Brasil, ainda não há nada similar.

Salvar/Compartilhar

57 Comentários

  • Em 2010.10.19 14:28, Andrei disse:

    Ok, não posso manipular ou modificar o sistema que veio com o aparelho, mas e quanto a substituir? Alguns aparelhos, como o Droid 2, estão vindo com um bloqueio que impede que você substitua o SO. Se o aparelho é meu, eu tenho direito de substituir seu sistema, nao (mesmo que acabe perdendo a garantia)?

    • Em 2010.10.19 14:29, andre disse:

      Aff quanto erros de portuga vcs heim
      Gostei da materia mas fiquei mesmo na duvida sobre as licenças permitir isto.

      • Em 2010.10.19 14:45, Igor Flores disse:

        Bia, não há como diferenciar um aparelho com Root e um sem. Mesmo que tu leve na assistência e diga “Está Rooteado” o atendente não teria como provar (Só pelo ícone do SuperUser). A garantia não é perdida, a não ser que seja comprovado que tu tenha detonado o celular com um Overclock por exemplo. E o que a Claro fez com o Galaxy S é um crime, tirar Gmail e GTalk e ainda trocar o sistema de busca pelo Yahoo…
        Abs

        • Em 2010.10.19 15:31, Vitor Rubio disse:

          Bia, terei que discordar de você no seguinte sentido: como o usuário root é o superusuário ou o administrador do sistema, e todo sistema baseado em unix ou linux tem um usuário root, logar-se como root não deveria ser em hipótese alguma considerado ilegal ou comparável a jailbreak.
          Você DEVE ter o direito de ADMINISTRAR seu próprio sistema, principalmente se você pagou por ele.
          Além disso, sendo o Android baseado em linux, software sob licença GPL, e que é livre e SEMPRE TEM UM USUÁRIO ROOT seria crime tentar impedir ou proibir o administrador do sistema a ter acesso de root, ainda mais se ele pagou pelo sistema e é dele.
          Também seria crime violar a licença GPL e tirar funcionalidades do linux/android para torna-lo proprietário. E impedir o acesso via root na minha opinião é uma violação dos direitos assegurados pela GPL.

          As operadoras e empresas de celulares tem sim direito, poder legal e razão em restringir acesso ou funcionamento e limitações de qualquer software PROPRIETÁRIO feito por ela. Mas o acesso root é parte integrante e intrínseca do linux, a parte GPL da coisa toda, e não poderia ser vetada.

          Quanto a limitar o uso do hardware, não entrarei nesse quesito porque é muito controverso. Em certos países você pode fazer o que quiser com o seu hardware porque ele é um bem tangível pelo qual você pagou e tem o direito de destruir se quiser. Mas aqui no Brasil a coisa não funciona assim.

          Eu acho que a sua declaração “A perda da garantia caso se “rooteie” um dispositivo é uma atitude aceitável por parte da fabricante, pois você está sujeito a várias regras nos termos de uso, aos quais você automaticamente concorda quando se torna usuário do aparelho.” foi infeliz, para não dizer parcial.

          • Em 2010.10.19 16:01, Anderson disse:

            Acho que faltou uma explicação. Alterar o software do aparelho (com root, jailbreak e hack como é conhecido na plataforma Symbian) não é ilegal no Brasil, mas, acarreta consequências, como a perda da garantia.

            Isso porque, apenas a alteração do sistema em si, não ocasiona prejuízo para o fabricante e parceiros, pois, é o “meio”. Por isso, considero que não seja ilegal em nenhum lugar do mundo.

            Agora, quando você utiliza o “meio” para obter um “fim” ilegal, o resultado passa a ser ilegal. Geralmente (mas não sempre), a alteração do sistema (liberação) tem como “fim” instalar aplicativos piratas, como o NDrive, Sygic Mobile etc.

            Assim, no Brasil e nos EUA a alteração do sistema em si não é ilegal, mas o “fim” será ilegal.

            A cópia de CDs de músicas é ilegal?? Depende do “fim”. Se o fim for apenas para seu uso como Backup, ou, transferência de mídia, não será ilegal, mas, se vc disponibilizar na internet para download ou vender as cópias, aí será ilegal.

            É essa a questão.

            A quebra de cláusula contratual (com a alteração do sistema) acarreta apenas a não obrigatoriedade da contraprestação da fabricante, que no caso seria a garantia, mas, isso não gera a ilegalidade.

            Por exemplo, não é ilegal você alterar o sistema Symbian com o hack para instalar o tema da tela inicial conhecido como “Orange Tsunami” que é desenvolvido por terceiros e é gratuito, mas, utilizar o hack para instalar o NDrive, é ilegal, pois o aplicativo é pago e caracteriza crime contra os direitos autorais.

            • Em 2010.10.19 16:11, Rodrigo Felix disse:

              Bia, mas o android não é um sistema linux? E linxu é livre GPL. Então eu creio que podemos fazer mudanças na software do aparelho.

              Att.

              • Em 2010.10.19 16:41, veronica disse:

                No Brasil sempre tudo nao eh permitido mesmo assim fazemos maaaas… Nao somos um país beneficiado, pagamos super impostos, celulares muito mais caros e somos esquecidos de atualizaçoes, muita vezes o celular vem bloquiado para tudo. No meu antigo celular, tive que trocar de FW por uma de portugal para poder instalar jogos e aplicativos. Isso tudo pra mim eh injusto.

                O ruim seria também alguém acabar com todo o celular e querer que a garantia cobrisse, por isso tem aquilo que eh coberto ou nao e acho que justamente por isso eh bloquiado

                Adoro seu blog Bia, leio faz tempo mas primeira vez que comento

                • Em 2010.10.22 11:23, Karem disse:

                  Concordo em uma parte que e Termos da garantia sendo bem explicado o que a garantia cobre ou não. mas de forma que não fiquemos presos

                • Em 2010.10.19 16:57, victor igor disse:

                  Bia, eu tinha essa dúvida tb… mas agora ficou claro
                  …..
                  eu não tenho coragem para fazer isso com meu xodozinho (bacflip) acho que “morro” se ele parar de funcionar.. mas para quem quiser arriscar é uma boa

                  • Em 2011.09.09 19:27, Roger disse:

                    Lindo… Estou apaixonado…

                  • Em 2010.10.19 17:02, digons disse:

                    Bia, melhor seria consultar um especialista da área jurídica. Estas posições aqui colocadas são, no mínimo, polêmicas e estão como definitivas.

                    • Em 2010.10.19 17:08, zé gallo disse:

                      Se perde ou nao perde a garantia nao sei … mas se quiser fazer o sistema aceitar outros programas veja as instruçoes aqui => http://groups.google.com/group/androidbrasil/msg/048ed6e81d27577f

                      [ ]s

                      • Em 2010.10.19 19:53, Eliomar J. Neves disse:

                        Tem certas coisas que eu não entendo! O que se passa na cabeça dos executivos da claro? Destruindo o que o Android tem de melhor ( a possibilidade de instalação de aplicativos). Sera que não enxergam que estão afastando potenciais clientes. Ou sera que fiseram isso para mais tarde enfiarem uma loja propria. Como noticiaram alguns sites. Inquanto isso passo longe dos androids da Claro.

                        • Em 2010.10.19 21:53, veronica disse:

                          concordo :)

                        • Em 2010.10.19 21:18, rubensSB disse:

                          Caso seja legal ou ilegal, a história não acaba aqui. O interessante acima de tudo é ter um bom backup em mãos antes de ‘rootear’ seu android.

                          • Em 2010.10.20 02:18, Tiago disse:

                            O meu eu fiz o root e foi super facil e aproveitei e instalei a firmware retail do motorola quench, pois o celular estava cheio de tralhas da tim.

                            vlw Bia

                            • [...] Antes de ler esse post recomendo que leiam primeiro o que a Bia Kunze, Garota sem fio, falou nesse post. Respondendo as dúvidas de um de seus [...]

                              • Em 2010.10.20 09:33, Eduardo disse:

                                Oi Bia! Achei esse post bem interessante e ele rendeu muito (basta ver a quantidade de comentários). O meu aparelho com android funciona muito bem e tenho mais a perder do que a ganhar tentando fazer um acesso root. Por falar nisso, saberia diser se há alguma previsão de lançamento do HTC Desire HD com froyo por aqui? Um abraço.

                                • Em 2010.10.20 18:14, andre disse:

                                  Algum especialista em aqui em direito poderia dar uma auxilio para irmos mais a fundo, pois fabricante alegar que root perde a garantia, ai é quebrar totalmente as licenças (gpl, a apache e a bsd entre outras) que compoe o Sistema Operacional Android, atravez do medo do usuario de usar um direito dele.

                                  • Em 2010.10.20 20:13, Fredson disse:

                                    Bia, não pode fazer analogia de jailbreak com root. No Linux root é uma conta de super-usuário nativa do sistema Linux/GPL e não a necessidade de mudar nada no sistema para usar o root, e o sistema não permiti apagar essa conta, não sei se é o google ou os fabricantes que estão bloqueado a conta root mais é certo que estão quebrando a licença GPL, APACHE, GPL2 e BSD por tanto podem perder o direito de uso do sistema. Sendo o Google pode perder o direito de usar os fontes do Linux/GPL.

                                    • Em 2010.10.20 22:32, Diego T. disse:

                                      Além da questão da licença GPL do kernel que é ILEGAL bloquear o acesso do usuário root, isto demonstra o “sistema” brasileiro, aonde as leis são para inglês ver (ex: az américa, az box, az whatever… aonde roms piratas são usadas para fazer coisas ilegais)…

                                      Sempre teve gente esperta fazendo hacks em dispositivos embarcados (alguém lembra das “senhas” para celulares do século passado? aonde era possível destravar algumas funções especiais e ate fazer escutas?) e sempre vai ter gente fazendo root/jailbreak/desmontando o aparelho/fazendo hack pra usar wifi pelo bluetooth(isto foi no tempo do symbian 7)…

                                      • Em 2010.10.21 19:20, Bia Kunze disse:

                                        Pessoal, um adendo.

                                        Esse não é um post de opinião. É uma explicação da política das empresas.

                                        Independente do que vale internacionalmente a respeito de códigos em Linux e Android, eu fui atrás das empresas para saber o que vale quando queremos ACIONAR A GARANTIA NO BRASIL. Que é a dúvida do nosso amigo André, que originou este post.

                                        A posição deles é essa mesma que está no post. O que não quer dizer que eu concorde com isso. Entendo muito bem a polêmica :)

                                        • Em 2010.10.30 15:48, sandra disse:

                                          O que acho complicado é a Claro poder vender um produto dizendo que é um Android quando na verdade não é. A política da empresa precisa seguir a lei, não? Cai nesse golpe e comprei uma destas trapizongas falsas da Claro. Se você compra um XingLing na Uruguaiana e o negócio não funciona, você estava sabendo dos riscos. Comprar um HTC da Claro nestas condições é ridículo. Na verdade, sinto que cai num golpe.

                                        • Em 2010.10.21 23:12, andre disse:

                                          Bia vc fez um ótimo trabalho /:D tema é penico mesmo.

                                          • Em 2010.10.22 10:41, Sergio disse:

                                            Bia Como vc foi atrás das empresas para ver o lado deles na questão do posicionamento em relação a garantia x root poderia agora ir ver o lado do procon ou de algum advogado especialista em softlivre. e ver o lado do consumidor pois daria uma materia exelente alem de esplicar o outro lado da moeda que e que nem tudo que e imposto por grandes empresas o procon aceita ou o codigo do consumidor estabelece, pois convenhamos se for assim como as fabricantes de celular impõe sobre como vc é obrigado a utilizar o sistema operacional q ta ali que ainda mais é opensource,com desculpa de que determinados softwares altera a forma que o hardware funcioan e isto pode danificar, me desculpe isto e generalizar pois se 1% dos usuarios são hardcore e fazem insto o resto não faz, alendomais o android grava log do que acontece em nivel de hardware se for por ma intenção ou uso de softwares que danifica o equipamento a fabricante sabera e podera sim negar agora, negar garantia em um smartfone com root por o teclado travo ou a tela ta ruim, e querer tirar o consumidor para idiota ao extremo pois hardware e software pode tar lado a lado mas são completamente coisas diferentes, se for assim não podemos comprar computadores de fabricantes pois vc pode fazer a instalação do que bem intender e a garantia so se vale ao hardware , e computadores pode se fazer overclock etc… veja cada consumidor sabe o que fara e não se pode generalizar, se o cara fez alguma cagada no software do celular dele ele tambem sabera resolver, pois não são todos que precisa de root mas algum dia sempre precisaremos deste superusuario porque muitos dos softwares vendidos no market depende de rootse para ganhar dinheiro vendendo no market e legal o uso do root por que seria inlegal na hora da garantia sendo que pode ser algum motivo de hardware como informei, um autofalante ruim com vicio ocuto ou um descascado por ma qualidade da tinta usada na carcaça…

                                            segue a dica bia vc fez mesmo um bom trabalho como o colegas ai em cima falou, mas seria legal ver o outro lado mesmo da moeda a do consumidor, pois neste nosso grande pais temos uma constituição so para o consumidor, segue a dica para a proxima materia.

                                            • Em 2010.10.22 10:46, Fabio Glauco disse:

                                              Boa Sergio bem colocado. Bia da uma olhada nisso para nos pois não quero que uma fabricante fale que por que to com usuario root, ela não va arrumar um defeito de hardware que o aparelho apresente por vicio oculto ou ma qualidade do mesmo, pois uma coisa nada tem a ver com a outra. imagina como nosso colega falo ai em cima, usar como desculpa por que a tinta usanda na pintura do aparelho descaca com um mês de uso, o cara da garantia fala “ei vc uso o root para instalar um dos varios programas do vendido no market que precisa de root, não vo trocar a capa e vc perdeu a garantia ok otario”

                                              • Em 2010.10.22 11:19, Karem disse:

                                                Bia Licenças Opensource ta mesmo sendo quebrada e na cara dura ao afirmar e praticar tau terrorismo ao usuario que se ele tiver root, ele ira perder a garantia e aquele problema de hardware que e constado, e não tem nada a ver com o fato do cliente ter root no sistema por ele necessitar, ocorrer a perda da garantia, isto ta cheirnado mais que as fabricantes querem economizar e impor de tau forma, pois com root vc pode melhorar o equipamento em requisitos de software não to colocando em hardware mas em software mesmo, e estas melhorias não são de agrado as fabricantes pois ela pode sempre na versão fultura do proximo aparelho com um preço tão caro quanto o que paguei para usar o root.

                                                Veja uma das melhorias que com root da para ter e que vejo não tem nenhum problema, a questão de fazer lagfix que é mudar o tipo de sistema de arquivo, o que melhora e até dobra a velocidade de como o sistema operacional acessa a informações, isto e algo a nivel avançado mas e possivel com um click quando se usa os alguns aplicativos disponibilizado no proprio Market, que necessita do root.
                                                SmartFone e um computador como qualquer outro a diferença de um smartfone e um notebook que tem acesso a internet com 3g e so questçao de como se olha pois tem as mesmas coisas, processador, memoria,bateria, tela e sistema operacional.

                                                Reforço o que tem sido colocado Bia da uma olhada no que o procon ou o que o codigo do consumidor fala, e se possivel um advogado especialista em Software livre, daria uma otima materia olhar nosso lado agora ja que sabemos que sua opnião e de não concordar com tau politica dos fabricantes que pode tar errada e nos termos o direito e eles esconderem por mera “ignorancia da massa” nos de não sabermos nossos direitos por completo

                                                • Em 2010.10.22 13:04, Paulo disse:

                                                  Bia a questão é que a empresa pode ter o posicionamento que quiser, mas existem leis que protegem o consumidor, e se eles estão violando as licenças gpl então podemos brigar para que a garantia atue, sem falar na questão de venda casada.
                                                  Existem empresas que dizem que nem abre protocolo de atendimento se vc mudar o sistema operacional de seu notebook, nestes casos você deve ir a justiça pois as nossas leis os obrigam a nos atender.
                                                  No caso de computadores inclusive podemos pedir reembolso pelo windows se não o usarmos.

                                                  • Em 2010.10.22 19:14, Fernado disse:

                                                    Cade o lado do consumidor, so veen o lado do fabricante, Cade os respeitos das licenças ?? e o direito do consumidor, gostei do exemplo da tinta descascando, axo pura realidade e muita falta de respeito as empresas aproveitar disto para retirar a garantia, hoje memso vi um monte de aplicativos uteis para mim que precisa de root no market e não posso comprar por medo de perder a garantia, aff e so auqi mesmo neste pais de banana. bia de uma procurada sobre o lado do consumidor temos leis no brasile root não é inlegal, cade a lei q fala isso??????????????

                                                    • Em 2010.10.22 19:59, Bia Kunze disse:

                                                      A discussão está muito boa e vou estendê-la. Já estou em contato com um advogado especializado em direitos do consumidor, vou agendar um podcast pra discutirmos isso.
                                                      Obrigada a todos pelos comentários!

                                                      • Em 2010.10.30 15:55, sandra disse:

                                                        Acho que melhor do que ficar chorando no blog seria consumidores lesados como eu participar de uma ação judicial sobre esse tema. Estou me inscrevendo aqui para saber se isso vai adiante.

                                                      • Em 2010.10.23 02:19, Calisto disse:

                                                        Adorei a materia , no começo axei que vc iria ver so o lado do fabricante, depois de ler este ultimo comentario seu, do uma dica, ja que vc e blogueira profissional e em meios de entrar em contatos com algumas pessoas de dificio acesso, recomendo vc tentar entrar em contato com o Sérgio Amadeu da Silveira ele é a maior autoridade em softwarelivre que conheço no brasil e podera pegar e indicar o melhor caminho, pois hoje temos softwate livres no governo e graças a participação dele segue o twitter.com/samadeu dele , ele ta dando aula na Universidade Federal do ABC ele tem até wiki para tu ver que to falando que o CARA É O CARA para ajudar a todos aqui com dulvidas, tenta entrar em contato com a faculdade http://www.ufabc.edu.br , não so puxa saco mas o cara e o tipo bala de prata mesmo para resolver uma pendenga desta entre fabricantes e suas ideias malucas e uso de softwares com licenças livres sendo inposto ao usuario usar sem liberdade. vai la bia boto fé sei q tu consegue chegar nun cara deste e ter contato :D quando for o podcast avisa vo reunir os alunos na sala para acompanhar

                                                        • Em 2010.10.23 10:47, Bia Kunze disse:

                                                          Só uma correção: não sou blogueira profissional. Não vivo do blog e o tempo que dedico a ele é pequeno se comparado às minhas atividades de fato profissionais. Eu sou consultora em mobilidade, daí sim vem os meus contatos, consultorias, palestras e outras mídias onde falo/escrevo.
                                                          Contudo, trato o blog como o carro-chefe do meu trabalho, pois é o meu canal de comunicação principal como todos os entusiastas da mobilidade.
                                                          Vou procurar o Sérgio Amadeu. Obrigada!

                                                          • Em 2010.10.24 21:58, andre disse:

                                                            Nossa quando mandei o email para vc bia não achei que iria repercutir tanto, a matéria foi boa mesmo,

                                                            Já fui em palestras do Sérgio Amadeu o cara e bom mesmo.

                                                        • Em 2010.10.23 02:38, jjanonimo disse:

                                                          poxa sacanagem dos fabricantes , vc paga 2399 em um galaxy s coisa mais lindia do mundo, ai vc vai contente querer instalar um programa e descobre que a claro sacanio vc bloqueia vc de usar intalar , mas e bloquear mesmo inpondo que vc use so o que ela coloco, pois descobri que não tem como instalar o gmail e o gtalk do google sem for com root(superusuario) ai vc pensa po não quero usar este software que ela coloco , ai depois que tu coloca o root e instala o gmail e o gtalk descobre que o mesmo tem algum outro tipo de bloqueio que a operadora coloco , resumindo ela cago seu sistema operacional direto da fabrica por um acordo comercial, ai tu descobre que alem dela obrigar vc a usar aquela porcaria que ela impos, mesmo vc pagando imper caro no teu pequeno computador portatio que faz ligações celular hehehe, descobre que perdeu a garantia por que queria usar um software original do fabricante do sistema operacional, ai pior ainda vc entra no site da fabricante sansung ta la estampado que tu pode usar o gmail e o gtalk do google, pronto ta a merda feita de propaganda enganosa pelomenos para os usuarios da claro, pois or esto naum decepo o sistema, pronto vc liga para fabricante pedindo informações de como intalar os aplicativos que ela afirma no site que pode ser instalado, o atendente confirma para ti que a claro e uma bosta e que vc não podera instalar , devera aguardar a proxima atualização isto quando tiver… vica consumidor idiota q somos eu principalmente, cara adoro o root mas naum uso para fazer nada inlegal pois acho que não tem nada inlegal como li ai encima onde ta as lei q afrima vc ter controle sobre seu sistema operacional e inlegal, comprei paguei recebi as licenças que ja estão imbutidas dentro do proprio sistema e quero usar, pois no market tem muitos e muitos aplciativos bom nada inlegal mas sim de melhoria do sistema operacional, que e pago e outros gratuitos , e eu não posso usar por medo da garantia …. ESTRANHO COMO AS OPERADORAS E OS FABRICANTES GOSTÃO DE GANHAR DINHEIRO COM UMA SIMPLES MODIFICAÇÃO DO SISTEMA OPERACIONAL QAUE O USUARIO MAIS AVANÇADO PODE FAZER MANUALMENTE NO SISTEMA POR QUE AS LICENÇAS DO ANDROID PERMITE. ELE FAZER ISTO

                                                          Quer uma prova real do que to falando , compare o Milestone com o Milestone 2 , adivinha o processador era vendico capado na primeira versão mas naum capado em hardware e sim em software o kernel do android era bloqueado, pronto la vai o usuario le o data set do processador que e uma arm, e descobre que o processador pode operar até 1ghz normal pois e fabricado para isto, ai tu ve q teu ta rdadn 550 mhz ai tu fica fudid muda a frequencia no kernel ageita corretamente e parabem tu tem um milestone 2 sem tirar e nem por nada demais, ha vai e isntala o froyo pronto prejuiso para fabricante que viu que tem um usuario que não e troxa em ficar amarrado por pequenas mudanças a custo elevados, qeur masi sobre isto veja os comparativos no xda, pois a fabricante sabe q desbloquear a frequencia rende masi uma leva de milhoes de dolares pois o consumidor leiogo acha que nossa to levando um super produto, e no final era o memso hardware com no maximo poucos centavos modificado na estetica, mas que o sistema operacional q vinha no que ele ja tinha estava la travado e foi feito para serr travado para que ele aguarde a versão mais nova do aparelho……….. aff ta tarde to cansado ja perdi a linhad o raciocinio fuui …

                                                          Adorei a materia >D

                                                          • Em 2010.10.26 16:41, bispo55rei disse:

                                                            Caramba não sabia que ter root para poder instalar meus programas que eu paguei no Market faria eu perder a garantia, E são programas de backup, programas para limpeza de cache, entre outros utilitarios.

                                                            • Em 2010.10.27 11:05, Fernades Braz disse:

                                                              Bispo to no mesmo barco que o teu , comprei meu aparelho a 1 mês e queria fazer backup no sd de todos programas que tinha comprado e intalado, para isto tive que ativar o superusuario(root), andei lendo esta aprada das licenças do android e andei pesquisando as proprias fabricantes tem seus repositorios do codigos fontes do sistema principalmente versões beta para que seus clientes usem e testem para eles aperfeiçõar, se eles mantem isto assim pq aqui no brasil perde a garantia ? não intendo

                                                            • Em 2010.10.27 16:43, Claudia disse:

                                                              Bia alguma previsão para o podcast, eu tambem estou preocupada pois comprei um software para lagfix no market paguei barato 2.99 Obamas, e ele habilitava o superusuario alem de melhorar o sistema de arquivo do android meu celular fico melhor e mais rapido, so que depois que li esta materia fiquei preoculpada pois comprei oficialmente o software e nçao tenho direito a garantia mais de fabrica que isso…

                                                              • Em 2010.10.27 19:49, Lucas disse:

                                                                O loco meu tour sem garantia tenho root notícia meu celular por nececidade trabalho com aplicativos que depende de superusuario , andróide e livre opensource , cade meus direitos, de ser usuário avançado… eu livre as licenças que tem notícia próprio aparelho, e lago meu disse que eu tenho direto de usar, e modificar e de instalar o que querer …

                                                                • Em 2010.10.29 00:43, Lucas disse:

                                                                  Cara agora que vi os erro de português, tava digitando pelo celular e andando ,… Sorry

                                                                  • Em 2010.10.30 17:09, karla disse:

                                                                    Bia algumas previsão para o podcast?

                                                                  • [...] mas vamos entrar no campo da “legalidade”: é legal fazer root em seu aparelho Android? A Bia Kunze compara o root do Android para um jailbreak do iPhone. No caso desse segundo, nos Estados Unidos, ele [...]

                                                                    • Em 2010.12.29 23:52, Skinboll disse:

                                                                      GAROTA SEM FIO
                                                                      Pra que uma página tão extensa como essa?
                                                                      Meu… falando na real! você e meio exagerada gata, vamos dividi essas páginas pois você vai perder muitos usuários que não conseguem carregar essa página inteira >

                                                                      • Em 2010.12.30 00:01, Skinboll disse:

                                                                        meu cache e o cookies não suporta o carrego dessa página inteira, espero ser ouvido por você.
                                                                        beijos e me liga!

                                                                        • Em 2011.01.04 22:24, fernandao disse:

                                                                          Skinboll simples compre um equipamento que funcione

                                                                        • Em 2010.12.30 00:21, Skinboll disse:

                                                                          Antes de mais nada gostaria de deixar meus parabéns pelo conteúdo está aprovado no ISO 9001.
                                                                          Só acrescentando uma coizita, eu estou navegando no seu site pelo celular e não pelo computador, por isso, estou mandando as postagens uma por uma.
                                                                          desculpe o em cômodo

                                                                          • Em 2011.02.20 20:21, MrShadow disse:

                                                                            Espero nunca usar um programa de sua empresa, se seus software alteram o núcleo do sistema, então vcs são amadores! não estão seguindo o procedimento correto e instalar um programa de vcs pode tornar o sistema instável a outras aplicações!

                                                                            • [...] já rendeu uma tremenda polêmica aqui no blog a perda da garantia caso se “rooteie” um dispositivo. Lembram? Ao que Marcelo opinou: “Você ganha acesso a qualquer funcionalidade do aparelho, [...]

                                                                              • Em 2011.06.05 16:54, a disse:

                                                                                É como comprar um carro, vc muda varias coisas mas não a cor, e até a transformação do veiculo sem autorização da criadora.

                                                                                • Em 2011.06.21 07:17, Skinboll disse:

                                                                                  Fernando hihi não precisei comprar outro celular XD o problema erra somente no meu Browser kkk usava o próprio do aparelho e que tinha um limitizinho full…eiro :p comecei a usar o Browser do aplicativo JAVA e fim de páginas pela metade hihi aleluia!

                                                                                  • 7 comentários antigos não estão sendo mostrados. Clique para exibir todos os comentários
                                                                                  Desenvolvido por Agência WX