Impressões finais: Quantum Go e Moto G3

image

Depois das minhas impressões finais do Zenfone 2 e do Moto X Play, chegou a hora de mais 2 aparelhos: o Moto G de 3a geração e o Quantum Go.

A respeito dos dois aparelhos da Motorola que tive em mãos recentemente — Moto X Play e Moto G 3a geração — gostei bem mais do Moto G3 do que do Moto X Play, apesar de ser um hardware inferior. O G3 é bem mais honesto que o X Play. Entrega o que promete, satisfaz a maioria dos usuários básicos e tem um custo-benefício imbatível. Estava com expectativas maiores a respeito do X Play, como comentei no post sobre ele.

Antes de falar do G, assista o meu primeiro vídeo em que falo das especificações técnicas do novo G, caso ainda não tenha visto.

Esta terceira geração do Moto G está fantástica mesmo. Já era um best-seller e continuará sendo, pois a Motorola faz um excelente trabalho com esta linha. A bateria deu uma melhorada, mas quem se destacou mesmo foi a câmera. Sempre critiquei muito a câmera dos Motorolas, em especial a das linhas E e G, que simplesmente não usava, de tão ruins! Desta vez a melhora foi considerável, considerando aparelhos desta categoria, claro.

Sobre a RAM, enfatizo: sempre que possível, peguem a versão com 2 GB de RAM. Vale e muito os 100 reais extras, ainda mais pensando nas atualizações de sistema que virão por aí. Os modelos de 1 GB podem ser interessantes apenas para pessoas que ficam na navegação básica, com fotos e redes sociais. Nesse caso, o ideal é aguardar por promoções e ofertas que os varejistas certamente farão, caso não se faça questão das cores e texturas do Moto Maker.

Não tenho nenhum ponto negativo para falar deste aparelho. Talvez a bateria pudesse ser melhor, mas hoje em dia está bem difícil encontrar um smartphone que deixe você passar o dia longe de tomadas e powerbanks. Usei muito o bichinho, até levei para a banheira para ver se é mesmo à prova d’água. E não é que achei um novo uso? Confessem: vocês não adorariam curtir uma banheira no fim do dia enquanto relaxam a mente nas redes sociais? “Afoguei” várias vezes o smartphone para ver se estava pronto para acidentes. Amei!

image

A seguir, o vídeo da apresentação do Quantum Go…

…e o das primeiras impressões:

Esse segundo vídeo teve um feedback impressionante. Logo após o lançamento surgiu uma fanpage no Facebook para fãs do aparelho. Aproveitarei este post para tirar algumas das dúvidas que chegaram:

1. Sobre o processador: embora não se comente muito por aí, o processador dos Quantums 3G e 4G não é o mesmo. O do 4G é um octa-core 64-bit da Mediatek, MT6753 a 1,3 GHz. O do 3G é um octa de 32-bit, MT6592. Não testei o Quantum 3G para comparar, mas se você é mais ligado em games e apps gráficos em geral, é bom considerar isso. Eu testei o do modelo 4G e amei o desempenho e os testes de benchmark foram positivos. Aliás, o desempenho do Quantum, a fluidez nas trocas de telas e aplicativos, a qualidade do display, tudo me surpreendeu muito positivamente!

2. O modelo 4G suporta as frequências LTE 3, 7 e 28. Ou seja, 1800, 2600 e 700 Mhz. Não sei por que tiraram a de 1900. Talvez por optarem em colocar a de 700 e dar mais longevidade ao dispositivo, já que aguardamos ansiosamente que essa faixa seja liberada para internet móvel. Digo “ansiosamente” porque odeio nosso 4G atual, e quando tivermos a banda de 700 Mhz comercialmente disponível, o problema de uso em áreas com muitos prédios acabará.

3. Meu maior temor era a bateria, de menor capacidade, ainda mais porque processadores Mediatek tem fama de gastões. Geralmente aparelhos com design bem fino sacrificam a autonomia. Realmente, a bateria não é o ponto forte do aparelho. Mas não é nada que desfavoreça fortemente o dispositivo. Meus problemas de autonomia foram bem mais sérios com o S6 Edge, por exemplo.

4. O Moto G possui leds de notificação. O Quantum Go, não.

5. USB OTG (on-the-go) é a capacidade de um dispositivo de acessar uma memória flash externa, como um pendrive, através de um cabo específico (que se acha facilmente por R$ 15 em lojas de informática) para trocar arquivos. Não é exatamente uma novidade, o Android já suporta isso desde a versão 3.1, mas depende do hardware da fabricante. Está presente nos modelos de topo de linha, como os S da Samsung, G da LG, Z da Sony etc, há bastante tempo. Mas é a primeira vez que vejo num modelo mais barato, como o Quantum Go. É uma ótima ferramenta de produtividade e pode salvar a vida de muitos estudantes e profissionais.

image

6. Após 30 dias de testes, percebi uma queda de desempenho no Motorola, exatamente do jeito que aconteceu com o X Play. Recorri ao app Clean Master para dar uma “faxina” nele e notei melhora. No Quantum Go não tive esse problema.

7. Somente o G mais caro vem com 2 GB de RAM. Fará diferença na hora do upgrade de sistema operacional (e a Motorola já confirmou que eles receberão o Marshmellow). Os Quantum Go levaram vantagem nessa, até o modelo mais barato tem 2 GB de RAM.

Por fim, aqui está meu vídeo com as considerações finais dos dois modelos:

Veredito

Para encerrar o post, eu não faria uma escolha entre ambos. Daria empate técnico. Pessoalmente, o Quantum faz mais meu estilo, pois gosto de aparelhos elegantes e sua leveza foi um alento, já que uso o aparelho para trabalho o dia todo. Com o Zenfone 2, tem dias que o punho cansa! Porém, o desempenho da bateria foi um pouco melhor no G.

Ambos cumprem o que prometem, possuem um Android “clean” e são ótimos aparelhos em sua categoria. Acho ótimos os 2 GB de RAM, o armazenamento interno de 16 ou 32 GB e ainda com slot para cartão de memória, o dual SIM 4G/3G. É o combo básico hoje em dia para um Android decente.

Se você está os avaliando para uma futura compra, pense no G como um dispositivo mais robusto, à prova d’água, bom para esportistas ou destrambelhados em geral. O Quantum Go é para quem prefere refinamento visual, leveza e elegância. Notaram o jeitão dele de Sony Xperia? Você tem um smartphone com “cara de rico” por apenas R$ 900,00…

ATENÇÃO: no próximo post colocarei aqui no blog uma galeria de fotos feitas pelos últimos aparelhos testados e algumas considerações sobre suas câmeras.

Salvar/Compartilhar

24 Comments

  • Em 2015.10.09 17:01, Filipe Machado disse:

    Parabéns pelo review! Pretendo pegar um Quantum Go!

    • […] Com informações de (Fonte):Garota Sem Fio, a tecnologia móvel no dia-a-dia, por Bia Kunze […]

      • Em 2015.10.12 00:36, Lucy disse:

        Oi Bia, meu comentário não é diretamente relacionada aos smartphones. Eu tenho uma duvida sobre alguns produtos da Samsung de produtividade móvel. Fui buscar informaçoes sobre os tablets da samsung que suportam o uso de caneta, mas nao consegui achar informações intuitivas o suficiente para realizar um comparativo entre os aparelhos. Até onde entendi, encontrei tablets de 8, 10 e 12 polegadas da linha Note, mas não encontrei informações quanto a qual seria o publico alvo de cada um, pros e contras, nem quais sao mais novos, nem se há outras linhas da marca que também tem canetas… E tambem nao consegui descobrir se ha diferenca de performance nesse sentido. Fui numa loja da samsung e nem os funcionarios souberam me explicar, e nao tinham a linha para demonstração. Como você é super tech-savy, pensei que talvez você pudesse um dia fazer um apanhadão geral sobre a linha de tablets da samsung que permitem usar a caneta como instrumento de escrita.
        Minha busca foi justamente porque queria ver quão boa seria a performance comparado a produtos de outras marcas que já conheço. Mas não consegui informação o suficiente…
        Se vc tiver informações sobre esses itens, adoraria saber mais..
        Abraços, Lucy.

        • Em 2015.10.13 09:47, Bia Kunze disse:

          Oi, Lucy! Eu mesma me perco com as linhas gigantes de produtos da Samsung. Mas eles estão enxugando o portfolio. Nunca tive um tablet Note, mas a Liz Kimura, que dá cursos de mapas mentais (ou seja, tudo à base de caneta) talvez possa te ajudar melhor com essa dúvida, já que ela usa o dela para tudo. Procure pela página dela no Facebook, que tenho certeza que ela poderá te ajudar. Beijos!

          • Em 2015.10.14 15:46, Carlos disse:

            Olá, gostei bastante do seu blog e dos seus videos no youtube. Eu comprei o Quantum Go recentemente mas resolvi cancelar a compra e devolver o aparelho porque a bateria não dura tanto quanto o meu antigo smartphone (Moto G de segunda geração) resolvi comprar o Moto G 3 com 2GB de RAM, mas temo que ele fique travando e todo lerdo como era o meu moto G 2. O que vc me diria, ficar com o Quantum Go ou comprar o Moto G com 2GB de ram ? Pf me ajuda…. Obg

            • Em 2015.10.22 11:58, joliveirar disse:

              Cupom de desconto 0BC1EF3BF21F R$ 50,00 de desconto nas compras acima de 500,00. Válido até 15/11. O código de desconto pode ser usado quantas vezes quiser.

              • Em 2015.10.23 23:07, jp disse:

                oi bia vi varios comentarios a respeito do volume baixo nas ligações no quantum go vc notou realmente este defeito e tambem reclamaçoes na conexao wi fi

                • Em 2015.11.04 10:59, Bia Kunze disse:

                  jp e Mauro, eu tenho um problema crônico de audição que me impede de avaliar qualidade de áudio do jeito que eu gostaria. Por isso não avalio isso nos aparelhos. Mauro, a Quantum me disse que já tem mais de 20 assistências pelo Brasil. A qualidade do atendimento, só saberemos no futuro, né? No Brasil pós-venda é sempre uma loteria…

                  • Em 2015.11.04 09:04, Mauro disse:

                    Bom dia Bia. Bom dia JP. Defeitos pontuais acho que são observados em todas as marcas e modelos.

                    Eu mesmo, tenho um Lumia 930 que foi na Assistência 3 vezes em 60 dias … (aquecimento exagerado, problemas com a camera e problemas com gravação – Alguns destes problemas vi que eram frequentes em foruns, etc. ) Mas vi na AT, gente com Xperia Z3 zerado e dando pau, Samsung e só não vi iPhones, pq não recebiam este aparelho lá (Apesar de acreditar que problemas com este sejam menos frequentes). A minha dúvida em relação ao Quantum Go é exatamente esta. Se precisar da Assistência, será que teremos um bom atendimento? Dúvida cruel. O que acham?

                    • Em 2015.11.04 14:15, Diego disse:

                      Oi,tudo bem?
                      Poderia me dar uma dica em qual celular eu deveria comprar, para os que tem uma bola resolução, fotos e que não trave?
                      Att.,
                      Diego

                      • Em 2015.11.04 14:24, Bia Kunze disse:

                        Vixi, Diego. Que não trave? Aí complicou. Os únicos smartphones que NUNCA travaram na minha mão foram os Windows Phone.

                        • Em 2015.11.06 20:37, Marcos disse:

                          Boa noite Bia, você testou o GPS? Li em em site que ele é bem impreciso e como uso bastante fiquei em dúvida quanto a compra.
                          Obrigado.

                          • Em 2015.11.20 11:54, Wendel Wiermann disse:

                            Olá, Bia! Tudo bem?
                            Estou com dúvida se adquiro um Samsung galaxy J5 4G ou um Quantum Go 4G. Você poderia me dar uma ajuda?

                            Att.,

                            Wendel

                            • Em 2015.12.12 17:15, Bia Kunze disse:

                              Wendel, não testei o J5 ainda. Mas não sou muito fã dos Samsungs intermediários. Adoro os Note.

                              • Em 2015.12.02 12:20, Dionitf disse:

                                Bia estou para comprar um Quantum só que estou com dúvida a respeito da resistência a água este aparelho tem alguma resistência a água vc conseguiu ver alguma coisa sobre isso no seu uso do dia a dia?
                                Parabéns pelo blog.

                                • Em 2015.12.12 17:14, Bia Kunze disse:

                                  Olá Dionitf! No Quantum não testei isso, no G3 corri e caminhei bastante ouvindo música nele e ele se saiu bem. O Quantum me dá um medo enorme, por causa do vidro, como era com o iPhone 4. Recomendo uma capa de silicone.

                                  • Em 2015.12.02 12:22, Dionitf disse:

                                    Bia estou com duvida sobre a resistência a água no uso diário VC reparou algum efeito negativo sobre isso, no caso de respingo ou suor…
                                    Parabéns pelo blog.

                                    • Em 2016.05.29 20:13, annamel Gazoli disse:

                                      cara tipo to amando este cll, quero muito e realmente acho que vou comprar, li muito e pesquisei tbm sopre quantum e tipo , to apaixonada

                                      • Em 2016.06.30 10:23, Bruno Araújo disse:

                                        Olá, bom dia Bia,
                                        Parabéns, parabéns mesmo pelo Blog e pelo excelente trabalho.
                                        Sei que esse tipo de trabalho leva tempo, esforço e dedicação então deve ser elogiado e enaltecido.
                                        Estão desde logo, parabéns pelo trabalho e pelas valiosas informações prestadas aqui.

                                        Bom, devo dizer que avaliando o Quantum GO acredito que você foi quem me trouxe maior segurança e informação sobre ele.
                                        Todas informações do aparelho foram bem prestadas, não deixa dúvidas do tema.
                                        Tenho uma dúvida, acredito que você seja uma das pessoas mais indicadas a me fornece-la.
                                        A minha dúvida é quanto ao pôs compra, a ASSISTÊNCIA E SUPORTE por parte da Quantum. Não sei se vc teve problemas com ele pra isso, mas pela sua experiência talvez consiga me responder ou trazer uma luz quanto a isto.

                                        Bom, minha dúvida ou receio do Quantum no momento se apega somente nisto.

                                        Muito grato mais uma vez pelas informações prestadas, fico no aguardo.

                                        Bruno Araújo.

                                        • Em 2016.06.30 14:22, Bia Kunze disse:

                                          Bruno, que tal fazer um teste? Aqui está a página de suporte… mande uma mensagem para eles e veja se o atendimento é adequado… https://meuquantum.zendesk.com/hc/pt-br
                                          Eles costumam ser rápidos para responder no Facebook: https://www.facebook.com/meuquantum/
                                          Sugiro que você entre em contato com outros usuários lá no Facebook mesmo para ver se alguém já precisou acionar o pós-vendas, e como foi.

                                          • Em 2016.07.01 11:54, Bruno Araújo disse:

                                            Ok Bia, Muito obrigado. Deixa eu te fazer uma última pergunta se já não for demais…rsrsr

                                            Entre o Quantum GO e o Moto G4, analisando é claro o custo benefício de cada um, pois o Quantum esta um pouco mais barato.

                                            Qual você acha melhor, o Quantum GO ou o Moto G4 ?

                                            Fico grato pelo atenção Bia, abraço.

                                            • Em 2016.07.04 12:58, Bia Kunze disse:

                                              Bruno Araújo, eu gosto do Quantum Go e uso bastante ele. Mas HOJE eu pegaria o G4 pela longevidade. Ele receberá o Android N.

                                              • […] em São Paulo ontem para o lançamento do Quantum Fly. Marca nova e de DNA brasileiro que debutou há um ano com o intermediário Quantum Go, agora ela traz um topo de linha com processador de 10 […]

                                                • […] com o Quantum Go por exatamente um ano. Os primeiros meses usei-o para dar aulas, mas nos 7 meses mais recentes, […]

                                                  Desenvolvido por Agência WX