Mudanças na privacidade do WhatsApp: cuidado com o “combo do Zuckerberg”

whatsapp

Preparando-se para os serviços pagos para empresas que devem ser lançados ainda este ano, o WhatsApp atualizou hoje seus termos de uso, adicionando tópicos a respeito da política de privacidade. Agora é mencionada a questão da criptografia ponto-a-ponto e o compartilhamento de dados com o Facebook. Segue trecho: ” (…) iremos compartilhar alguns dados de sua conta com o Facebook, como por exemplo, número de telefone que as pessoas utilizaram para se registar no WhatsApp, juntamente com o tempo que eles estão utilizando os nossos serviços.”

Acredito que a solução para quem não quer compartilhar seus dados do WhatsApp com o Facebook é remover o seu número de telefone cadastrado em sua conta do Facebook. Todavia o Facebook já tem permissão para acessar a agenda de contatos do telefone, por isso ele sugere amizades a partir dos números salvos em seu aparelho. Já recomendei isso nas redes sociais quando leitores e ouvintes me procuraram desconfiados das recomendações de amizade que recebiam.

Do Facebook, só acesso esta minha fanpage para postar e responder aos seguidores, uma ou duas vezes por semana. Tenho um perfil pessoal que não uso para nada a não ser administrar a fanpage — não me adicionem lá, não vai servir para nada.

Acho bom ter um número de telefone cadastrado no Facebook, para fins de segurança e recuperação de senha. Contudo, o número celular que tenho cadastrado no Facebook não possui conta no WhatsApp. Uso pouco o WhatsApp, em um número diferente, e só para fins profissionais. Acho que esta é uma boa alternativa para quem se preocupa um pouco mais com sua privacidade, mas não é a ideal, que continua sendo não ter conta no Facebook…

Importante: essas dicas valem para todo o “combo do Zuckerberg”. Além de Facebook e WhatsApp, o Instagram tem passado por mudanças também. Não duvido nada que logo suas informações pessoais passem a circular livremente pelos 3 serviços.

O WhatsApp fecha o comunicado dizendo que não irá “publicar ou compartilhar seu número de telefone com terceiros, incluindo no Facebook.” Também dizem “não vender, compartilhar ou disponibilizar o seu número de telefone para anunciantes.” Vejam bem: ele falou que não fará isso com seu número de telefone. Todos os seus hábitos, gostos, curtidas e comentários serão sim — ele já pega isso do Facebook e usará do mesmo jeito, ainda mais agora com ferramentas corporativas para marcas e empresas (e governos?) também no WhatsApp e no Instagram. Fiquem espertos.

postado via Mac + wifi

Salvar/Compartilhar

1 Comentário

(Required)
(Required, will not be published)


Desenvolvido por Agência WX